16 fevereiro 2015

Bilheteria de 50 Tons de Cinza mostra que crítico de cinema não influencia o público



Sucesso em livro e sucesso em filme, quem determina se é bom ou não é o público, os fãs, não críticos nem haters, estes não influenciam o público, a prova está na bilheteria.

"Cinquenta tons de cinza" liderou as bilheterias dos Estados Unidos e Canadá e obteve US$ 81,7 milhões na venda de ingressos no fim de semana. No resto do mundo, o longa conseguiu US$ 158 milhões, chegando a uma arrecadação global de US$ 240 milhões - ou R$ 680 milhões. 

Os mais de 100 milhões de exemplares vendidos do primeiro livro da trilogia de E. L. James foram a principal motivação para a Universal Pictures levar o soft porn best-seller ao cinema, esperando garantir uma significativa bilheteria com a enorme base de leitores/fãs.


Com James Dornan e Dakota Johnson, o filme liderou e bateu de longe o longa "Kingsman: Serviço Secreto", que arrecadou 35,6 milhões de dólares da sexta-feira ao domingo, segundo estimativas dos estúdios de cinema. O terceiro lugar ficou com “Bob Esponja: Um Herói For a D'Água”, com US$ 30,5 milhões.

50 Tons bateu "Matrix Revolutions" que havia faturado faturamento de US$ 117 milhões.
ATENÇÃO: Os comentários postados no Portal Celebrinando são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Pesquise

Custom Search

Veja também...