24 maio 2015

Piloto teve 10 minutos para fazer pouso forçado que salvou família de Angélica e Luciano Huck

Avião que levava apresentador e sua mulher, Angélica, além dos 3 filhos do casal, teve falha em bombas de combustível
Avião fez pouso forçado em pasto, a 30 metros de estrada / Divulgação/Corpo de BombeirosAvião fez pouso forçado em pasto, a 30 metros de estrada

Em entrevista à BandNews FM, ela confirmou que as duas bombas de combustível do avião falharam, como já havia dito o Corpo de Bombeiros. Além de Luciano Huck, estavam a bordo do avião sua mulher, a apresentadora Angélica, e os três filhos do casal, Joaquim, Benício e Eva. Após o pouso forçado, eles foram socorridos por fazendeiros da região.

A família foi encaminhada para a Santa Casa de Campo Grande, onde foram atendidos. Segundo o hospital, todos estão lúcidos e passam bem. O piloto Osmar Frantini sofreu um corte na cabeça, mas está consciente. Já o copiloto bateu o tórax contra o painel do bimotor modelo Carajá, prefixo PT ENM, de propriedade da empresa MS Táxi Aéreo, mas não há informação sobre seu estado de saúde.


Resgate de Angelica e Luciano Huck após pouso forçado (Foto: Fernando Antunes / Campo Grande News)Bombeiros fazem o resgate de Angélica e Luciano Huck após pouso forçado, a 30km de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, neste domingo, 24 (Foto: Fernando Antunes / Campo Grande News)

Lucilene ainda disse ao EGO que o marido, Osmar Frattini, 52, tem 30 anos de experiência e mais de nove mil horas de voo. Segundo ela, ao constatar que a bomba de combustível havia entupido, ele saiu do trajeto que estava fazendo, rumo ao aeroporto de Campo Grande, em busca de um lugar onde pudesse fazer o pouso de emergência.


"Ele procurou um lugar bom porque estava sobrevoando uma serra. Ele é muito tranquilo, experiente, e manteve a calma. Quem ficou muito nervosa foi a Angélica, que gritava muito", contou Lucilene. "Meu marido salvou todo mundo, é um herói". Segundo ela, Frattini acabou batendo a cabeça e sofreu um corte grande. "Ele sangrou muito, cortou a cabeça da parte da frente até atrás", disse. 

"Ele foi levado para um posto de saúde e não para a Santa Casa, como todo mundo. Não sei por que o levaram para lá, nem o Luciano Huck conseguiu entender. É uma pergunta sem resposta. 

A Secretaria de Saúde nem conseguiu ambulância para ele, tiveram que levá-lo de carro mesmo. Agora (16h30) que consegui transferi-lo para a Santa Casa, estamos dando entrada", reclamou Lucilene. Apesar dos ferimentos, o piloto está consciente. "Ele está bem, falando, andando. Mas sangrando".

O piloto do avião afirmou ao G1 que a aeronave sofreu uma falha na bomba de combustível. "Deu uma falha, pane na bomba de combustível", disse Osmar Frattini, de 52 anos. O comandante do voo explicou que a falha aconteceu quando sobrevoava a Serra de Maracaju. Ele então procurou uma área de pastagem e fez o pouso forçado. "Deus ajudou. Não podia baixar o trem de pouso".




Trem de pouso ou trem de aterragem é um dos principais componentes do avião.
É o principal integrante do sistema de pouso num avião, usado tanto na decolagem como na aterragem. Sem eles é até possível aterrar, porém exige perícia e muito conhecimento do piloto, caso contrário, certamente as consequências serão drásticas, com perdas humanas e materiais.
ATENÇÃO: Os comentários postados no Portal Celebrinando são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Pesquise

Custom Search

Veja também...