05 junho 2015

Superstar faz o melhor que pode com juri de artistas


O mais correto seria que o Superstar tivesse um juri técnico, formado por produtores de bandas profissionais, pessoas que sabem criticar, dar toques e realmente preparar um artista para o mercado. Na tv ja vimos isso em Ídolos por exemplo, que em suas primeiras temporadas no SBT não tinha nenhum jurado unicamente cantor na bancada.

Mas na tv isso nem sempre funciona. O American Idol por exemplo, já tem uma bancada mesclada entre produtores musicais e artistas. O The Voice tem um formato de ter só cantores renomados. E o Superstar vem dentro dessa mesma proposta, e é claro que qualquer artista consagrado, na posição de jurado não vai se sentir totalmente confortável. O correto seria que Arnaldo Sacomani, Miranda e Thomas Roth estivessem lá julgando.

O problema não são os cantores, pois nenhum deles, seja quem for, são capazes de agradar a todo mundo. Sandy, Thiaguinho e Paulo Ricardo tem milhões de fãs, funcionam na tv, e assim como Ivete, Dinho e Fabio Jr na primeira temporada, fazem o melhor que podem. É preciso lembrar que este é o formato do programa, colocar cantores de carreiras consolidadas para julgar, e não um juri técnico. Por isso é errado cobrar que eles se comportem como professores, da mesma forma que é errado exigir que um juri de produtores se comportem como artistas. Artista não precisa ser técnico, e sim dizer pessoalmente o que gosta ou não.

A Rede Globo precisa saber avaliar bem as críticas que o programa recebe na internet, e separar o que realmente importa. O fato é que as redes sociais revelaram a verdade do ser humano e mostram o quanto as pessoas são odiosas e invejosas. Realmente quem tem fé na humanidade é um bobo. A maioria é gente da pior espécie que acha que liberdade de opinião dá o direito de não respeitar, essa é grande verdade. E isso acontece com tudo. Ao chamar a cantora Anitta por exemplo neste domingo para dar opinião sobre as bandas, a mesma foi criticada nas redes sociais, mas ao mesmo tempo, a cantora que tem só no Facebook dez vezes mais seguidores que o próprio Superstar, é uma ótima estratégia para aumentar a audiência da atração. Ou seja, em tempos atuais, todos os lados devem ser avaliados e ressalvas infinitas devem ser feitas antes de dar algum veredito real de aprovação ou desaprovação.

Não existe um só público, a internet é diversa. Enquanto milhões odeiam Justin Bieber, o astro teen tem quase 80 milhões de seguidores só no Twitter. A questão não é quem não gosta do Thiaguinho, e sim quem o adora, e consolida sua base de fãs fiéis que assistem a competição só por causa dele.

No fim das contas o que importa mesmo é os números de audiência, e nisso o programa não tem ido tão bem, e isso vem desde a sua estréia, perdendo para as pegadinhas do Silvio Santos. Curiosamente ele voltou para uma segunda temporada, que não anda, nesse quesito, nem melhor, nem pior que sua antecessora. Mesmo assim, tudo indica que os índices tem sido satisfatórios.
ATENÇÃO: Os comentários postados no Portal Celebrinando são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Pesquise

Custom Search

Veja também...