12 março 2017

Cinquenta Tons Mais Escuros é massacrado pela crítica, a boa notícia é que ninguém se importa

Divulgação

Atualização: O sucesso de Cinquenta Tons Mais Escuros está confirmado. Já são mais de 3 milhões de espectadores somente no Brasil, e quase 300 milhões de dólares já arrecadados em todo o mundo desde a estréia. Lembrando que o filme ainda deve permanecer bastante tempo nos cinemas.

--

Cinquenta Tons de Cinza foi massacrado pelos críticos de cinema, e sem nenhuma surpresa, o mesmo aconteceu com o segundo filme da franquia, Cinquenta Tons Mais Escuros, que já está em cartaz nos cinemas de todo o mundo. O longa atualmente, conta com apenas 8% no agregador de reviews (críticas) internacionais, Rotten Tomatoes, e apenas 33/100 na média do site Metacritic.

A boa notícia é que ninguém, seja hater ou fã, se importa com a opinião dos críticos. A prova disso, é que Cinquenta Tons de Cinza foi um mega sucesso de bilheteria, arrecadando 570 milhões de dólares em todo o mundo. Um lucro enorme, tendo em vista que o filme custou 40 milhões para ser feito. 50 Tons foi também destaque no quesito popularidade, arrebatando não somente fãs dos livros, que já são blockbusters de sucesso (apesar de também serem duramente massacrados por críticos de literatura), como novatos que se tornaram devotos por causa do longa.

É lindo e impressionante, a quantidade absurda de páginas, vídeos e perfis do extenso fandom de Ana e Grey em todas as redes sociais. De um modo geral fãs aprovaram o primeiro filme, entendendo que se trata de um resumo do livro, assim como é qualquer longa baseado em uma obra escrita.

E é assim que se faz um fenômeno, indo mesmo na contramão, na esmagadora maioria das vezes, do que pensa os chamados críticos especializados. Foi exatamente assim com a Saga Crepúsculo, por exemplo. História que inclusive inspirou a autora E.L. James a escrever 50 Tons, que começou como uma fanfic (fantasia criada por fãs, baseada em uma história já existente) dos vampiros modernos.

Divulgação
Portanto é quase certeza que 50 Tons Mais Escuros seguirá o mesmo caminho de sucesso do primeiro, sobretudo agora com o apoio dos fãs, antigos e novos. É importante entender quem é o público-alvo do filme, e saber que críticos especializados passam longe dele. A polêmica entre pessoas que enxergam "machismo" ou "feminismo" no filme, bem como os que confundem "sadomasoquismo" com "violência doméstica", apenas ajudam a elevar a popularidade do filme.

Porém a verdade, por trás de todo preconceito de quem fala sem conhecer, é que Cinquenta Tons Mais Escuros é um belíssimo filme, que conta apenas uma linda história de amor cheia de aventuras, emoções e mistérios, que agrada milhões de pessoas em todo o mundo.

Que venha Cinquenta Tons de Liberdade!

Divulgação

ATENÇÃO: Os comentários postados no Portal Celebrinando são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.

Pesquise

Custom Search

Veja também...